Material necessário

Apesar da diversidade de produtos e preços, é possível comprar um bom material para puntura a óleo sem gastar demais.

Como escolher a tinta:


Existem muitas marcas de tinta, cada uma com características próprias. Com relação à qualidade, há dois tipos: profissional e amador. A tinta usada pelos profissionais tem cor mais intensa e viva, pois a densidade do pigmento é maior do que na tinta para amadores. A tinta destinada aos principiantes em geral vem com excesso de óleo ou misturada com outros materiais, como o giz, e seus pigmentos são de qualidade inferior. Por isso, ele custa menos.
Mas a tinta para amadores é perfeitamente satisfatória. Talvez seja melhor investir numa maior variedade de cores do que em tintas de qualidade superior. É importante lembrar que os materiais não passam de simples instrumentos para que as pessoas possam expressar sua criatividade. Grandes artistas produziram quadros famosos usando apenas algumas cores combinações.
Material necessário
Pincéis:

Para começar, são suficientes três ou quatro pincéis de boa qualidade, chatos, redondos e ovais (ou filbert, pincéis chatos com as pontas ovaladas).
Os pincéis de cerdas, feitos com pêlo de porco, são bem mais duros do que os de marta e absorvem maior quantidade de tinta. Por isso são melhores para espalhar a tinta em grandes áreas de tela. Para trabalhar os detalhes, o mais indicado é usar um pinel tipo marta, redondo.
Os pincéis de náilon também são aceitáveis, principalmente por sua resistencia e facilidade de limpeza, e bem que, com o tempo, acabam deformando.

Paleta:

 Qualquer superfície pode servir como paleta, desde que seja impermeável e uniforme. É bom que a paleta e o fundo de sua pintura sejam da mesma cor, pois isso facilitará a escolha e a mistura de cores. Se você estiver usando uma superfície de plástico, tome cuidado: este material pode reagir com o solvente.
As paletas clássicas, de madeira, com o orifício para o polegar, são encontradas em várias formas e tamanhos. É com experimentar a que melhor se ajusta a sua mão, a fim de não cansar o braço.

Solventes:
A tinta a óleo é aplicada pura ou diluída em solventes. O tipo mais comum de solvente consiste numa mistura de óleo de linhaça e terebintina, em partes iguais. Desaconselha-se o uso de aguarrás, pois pode reagir com as tintas.

Outros materiais:
Você vai precisar ainda de duas vasilhar pequenas para colocar os solventes enquanto estiver pintando. Compre os copinhos de metal apropriados, que se encaixam na paleta. Ou use, por exemplo, xícaras velhas. Para misturar a tinta na paleta, removê-la ou aplicá-la à tela, será necessário uma espátula.
Alguns artistas utilizam carvão para um esboço preliminar. Se você resolver usá-lo, procure não carregar no traço e retire o excesso batendo um pano limpo na tela antes de começar a pintura. Para evitar que a tela se suje, você deve borrifála com um fixador especial, não plastificante, em aerossol, antes de dar início ao trabalho.
Não se esqueça dos pedaços de tecido absorvente para a limpeza dos pincéis.

Superfície para a pintura:
As superfícies tradicionais para a pintura a óleo são a tela e a madeira. As telas, em geral feitas de linho, juta ou lona de algodão, apresentam qualidades variadas e têm preços correspondentes. Existem dois tipos de trama: finas, para trabalhos detalhados e retratos; e grossas, para pinturas com tinta mais espessa. É difícil esticar bem a tela sobre a moldura de madeira.
Quer fazer o Download deste curso completo no Formato PDF? Então Clique Aqui!
Reações:

9 comentários:

  1. Muito interessante. Vou dá uma olhada e adquirir estes mateias apara já começar meus estudos.

    ResponderExcluir
  2. olá. eu nunca pintei nada na minha vida mas gostava muito de pintar um quadro pela primeira vez. só tive aulas de E.V ate ao 9º ano. será que me pode ajudar? dicas e assim...tecnicas... acha que consigo pintar um retrato? obrigada!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado, é muito útil seus conselhos.
    Comecei a aprender este ano,na escola dos seniores, mas sempre gostei muito de pintura a óleo, só que nunca tive oportunidade.
    Por isso digo que seus conselhos ajudam muito, mais uma ves obrigado e Deus o proteja.

    ResponderExcluir
  4. nunca fiz curso de pintura,mas o dom é de família,inclusive tenho uma tia artista plástica,pinto tecido,madeira,vidros e até paredes,mas gosto de paisagem,não sou lá muito boa em desenhos,inclusive rosto é que não consigo mesmo.vc acha que conseguiria chegar a uma esposição sem ter um curso? ob. lara

    ResponderExcluir
  5. já pinto há alguns anos, mas sempre é bom aprender um pouco mais, e esse blog é dez.
    Eis aqui o endereço do meu blog caso queira fazer uma visita, será uma grande satisfação
    www.rcrispim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. super legal parabéns pela iniciativa!!!

    ResponderExcluir
  7. Os solventes não são completamente necessários, pode-se pintar uma tela inteira, seja em camadas (pintura indireta) ou alla prima(direta) usando somente o óleo de linhaça para diluir um pouco a tinta.

    ResponderExcluir